The extra in the ordinary

By Catarina Guimarães

Enjoy the Holidays on your own terms + Delicious choc and coconut raw truffles ~ Celebra o Natal à tua maneira + Trufas deliciosas de côco e chocolate (cru)

4 Comments

20141214-180206.jpg
(Please scroll down for english version)

O Natal é como tudo na vida – tempo, dinheiro, oportunidade – é o que se fizer dele.

Todos os anos ouço muita gente a queixar-se porque sentem que as Festas perderam o significado.

Se não gostam do consumismo à volta do Natal, têm sempre a opção de não ser cúmplices disso! E não quer dizer que assim não poderão celebrar as Festas com os vossos amigos e família. Se andar de castigo às compras não faz nenhum sentido para vocês, então não o façam!

Sejam criativos e façam a vossa própria comida e decorações natalícias. Reciclem a árvore e os enfeites dos anos anteriores.
Não precisam de andar a comprar coisas novas só porque a maioria tem esse hábito. Façam aquilo que vos faz sentir bem na vossa pele.

Até podem fazer os presentes, por exemplo. Não precisa de ser uma coisa muito complicada, só precisa de ser uma prenda pessoal.
Pensem por um minuto… Têm jeito para fazer o quê? Há sempre qualquer coisinha.

Criem algo com o coração, ponham amor e carinho no que fazem. E, claro, pensem em quem vão presentear. Tornem-no pessoal com um cartão feito por vocês, escrito à mão, com um poema ou citação que a pessoa goste. É isso. Simples mas pessoal.

Uma colagem de fotos, um desenho, aquele cachecol que andaram a tricotar, flores que plantaram num vaso, brownies ou bolachinhas caseiras num frasco ou saquinho bonito, etc, etc.

20141214-180238.jpg
Eu adoro o Natal e digo sem qualquer receio que adoro receber e dar presentes. Gosto mesmo!

E sim, por vezes compro as prendas que dou, principalmente quando sei que determinada pessoa quer mesmo um artigo específico desta ou daquela loja.

Quando opto por oferecer objectos, escolho sempre produtos que tenham uma função prática e útil. Mas ainda melhor do que oferecer coisas é oferecer experiências!

Porque não oferecer aos vossos ente-queridos uma experiência nova e especial que irão usufruir e lembrar-se durante muito tempo?
Uma massagem tailandesa relaxante, uma sessão de reiki, bilhetes para aquele concerto fabuloso, saltar de pára-quedas, aulas de surf, passear num balão de ar quente, um picnic na praia… As ideias são intermináveis!

As experiências acrescentam valor ao nosso dinheiro (e à nossa vida!), ao contrário dos objectos. Esta é a minha singela opinião e sinto que ressoa em muita gente.

Mas voltando às prendas caseiras…
Fazer umas trufas deliciosas é sempre uma boa opção. Para vos ajudar, deixo aqui mais uma receita, desta feita para umas trufas cruas deliciosas e decadentes de chocolate e côco mas com pouca gordura. Mas há mais receitas aqui. São muito fáceis de fazer e depois basta pô-las em frasquinhos ou sacos e decorar cada um de um modo especial. Divirtam-se a fazer as prendas!
Esta receita deu cerca de 20 trufas pequenas e irresistíveis.

20141214-180401.jpg
Ingredientes:
(Se possível, biológicos)
1/2 cup/chávena de tâmaras (sem xaropes adicionados)
1/3 cup/chávena de figos secos Pingo de Mel (sem açúcar ou farinha)
1/3 cup/chávena de trigo sarraceno cru
2 colheres de sopa de alfarroba em pó
2 colheres de sopa de côco ralado (e mais um bocadinho para enrolar as trufas)
1/2 colher de chá de canela em pó

Instruções:
~ Deixar o trigo sarraceno de molho durante a noite anterior ou no mínimo durante 20 minutos. Este passo é muito importante e não pode ser ignorado. Por favor leiam isto se precisarem de mais informação sobre demolhar.
Lavar muito bem o trigo sarraceno até deixar de sair sujidade ou “ranhoca” e deixar secar completamente em cima de um pano de cozinha perto da janela aberta ou no desidratador.

~ Entretanto ponham as tâmaras de molho durante alguns minutos até ficarem moles e retirem os caroços.
Cortem também os pauzinhos dos figos.

~ Num processador de comida triturem o trigo sarraceno já seco até ficar uma farinha.
Adicionar os restantes ingredientes e triturar tudo muito bem até ficar uma massa pegajosa.

~ Usando as mãos, fazer bolinhas com a massa e passar as bolinhas em côco ralado. E já está! Disfrutem! :)

20141214-180304.jpg
English:

The Holidays are like everything else in life – time, money, opportunity – it is what we make of it.

Every year I hear a lot of people talking about how much they hate what the Holidays have become nowadays.

If you don’t like the consumerism surrounding Christmas, you have the choice to not be an accomplice of that! That doesn’t mean you won’t be able to celebrate the Holidays with your friends and family. Just don’t go out and buy stuff if you don’t want to!

Be creative and make your own food and decorations. Recicle the tree and ornaments from the previous years. You don’t need to go shoping just because everybody else is doing it. If it makes no sense to you, than just don’t do it.

You can even make your own presents, for example. It doesn’t need to be fancy, it just needs to be personal. Just think for a moment… What are you good at? There’s always something.

Make something from your heart, with love and care, thinking about the person you’re giving it to. Make it personal by adding a special card created by you, handwritten, with a special poem or quote you know the person will appreciate. That’s it. Simple but personal.

A photo collage, a drawing, a scarf you knitted, flowers you planted on a vase, homemade brownies or cookies in a pretty jar and so on.

20141214-180339.jpg
I love the Holidays and I’m not afraid to say that I love receiving and giving presents. I really do!

Sometimes I do shop for presents, specially if I know that someone really wants something specific from a particular store.

When giving things I always choose products that are useful and practical but even better than buying things is to give an experience! Why not offer your loved ones a new and special experience they will cherish for a really long time?
A relaxing thai massage, a reiki session, tickets to that amazing concert, going skydiving, surf lessons, a day on a hot air balloon, a picnic at the beach… The ideas are endless!

Experiences increase the value of our money (and of our lives!), whereas things don’t. That’s my humble opinion and it seems to ressonate with lots of people.

But let’s go back to homemade presents…
Making some delicious truffles is always a great idea.
To help you out I’m sharing this recipe for some decadent raw choc and coconut truffles that are low in fat.
But you can find more recipes here.
It’s very easy to make and you can put them in beautiful jars or bags and decorate each one in a special way. Have fun with it!
This recipes gave around 20 small delicious raw balls.

20141214-180424.jpg
Ingredients:
(Organic if possible)
1/2 cup of dates (without added syrups)
1/3 cup of dried figs (I used the portuguese honey drop)
1/3 cup of raw buckwheat groats
2 tablespoons of carob powder
2 tablespoons of desiccated coconut (and a little bit more to roll the truffles)
1/2 teaspoon of cinnamon powder

Directions:
~ Soak the buckwheat overnight or at least for 20 minutes. This is a very important step and can’t be ignored. If you want to learn more about soaking please read this.
Rinse and wash the buckwheat very well using clean water until it no longer releases dirt or goo. Let it dry completely on a kitchen cloth by the window or using a dehydrator.

~ Meanwhile soak the dates for a few minutes until they get soft and de-seed them. Also chop the hard stem from the figs.

~ When the buckwheat is completely dry, blend it in a food processor until it gets a flour like consistency.

~ Add the remaining ingredients to the food processor and blend everything together until you get a sticky dough.

~ Use your hands to make small balls and roll them in some more coconut. And that’s it! Enjoy :)

20141214-180324.jpg

Advertisements

4 thoughts on “Enjoy the Holidays on your own terms + Delicious choc and coconut raw truffles ~ Celebra o Natal à tua maneira + Trufas deliciosas de côco e chocolate (cru)

  1. Confesso que também não gosto muito do Natal mas por razões diferentes. Durante muito tempo sempre passei o Natal na Tailândia e acabou por ser perder o espírito natalício. Depois mais recentemente, os meus pais costumam passar na Tailândia e eu vou passar em portugal com meus sogros e minha avó. Sinto-me sempre deslocada. A minha avó foi ficando com Alzheimer e passei natais muito tristes. No fundo para mim o natal representa aquela altura em que precisei da família e ninguém estava lá…

    Em relação aos presentes concordo, adoro oferecer experiências também :-)

    • Eu também tive quase uma década de natais tailandeses e a verdade é que, apesar de ser estranho passar as festas em hotéis, eu gostava da parte da praia e calor. A dificuldade era conciliar essa realidade com a ideia do que o natal era “suposto” ser, aquilo que vimos sempre na tv, etc. Um ano pedi p vir passar o natal em Portugal só para ver como seria um natal “a sério” com frio e tudo. Mas devo confessar que ficou muito longe da expectativa. A única parte boa foi passear na praia porque fiquei no estoril :)
      Acho que deixando de parte as expectativas fico mais disponível para receber o melhor daquilo que cada ano me vai trazendo. Mas há transições mais difíceis que outras :/
      Mas a flexibilidade também se treina, né? ;)
      Muitos beijinhos!

  2. Amei esta receitinha, porém aqui em casa por increível que pareça temos pessoas na família que são intolerantes ao óleo de coco, não ao coco em si, o porque de ser intolerante à um produto extraído do coco em si e não ao coco ralado nem ao coco in nautura não sei te dizer, no caso destas deliciosas trufas com que outro tipo de óleo poderia fazer

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s