The extra in the ordinary

By Catarina Guimarães

8 Smoothies for a healthy New Year! ~ 8 Batidos para um ano novo saudável!

9 Comments

20150111-232307.jpg
(PLEASE SCROLL DOWN FOR ENGLISH VERSION)

Hoje trago-vos alguns dos batidos com frutas e vegetais que tenho feito nas últimas semanas para se inspirarem e perceberem como é fácil e simples fazer uma refeição saudável e deliciosa. Para além disso é rápido e o único equipamento que necessitam é de uma liquidificadora.

Se ainda não conhecem todos os benefícios e características dos batidos verdes, peço-vos que leiam primeiro este post onde explico tudo em pormenor.

Os batidos verdes são uma óptima opção para quem tem dificuldade em aumentar a quantidade de fruta e vegetais que consome no dia-a-dia e eu aconselho fazerem para a primeira refeição, logo de manhã. É uma óptima maneira de ficar com muita energia sem provocar picos de açúcar no sangue, isto porque estamos a consumir a fruta e os vegetais na sua totalidade, que tem a combinação perfeita de fibras, proteínas, vitaminas, minerais, açúcar e hidratos de carbono. Isto não acontece nos sumos, por exemplo. Quando bebemos um sumo estamos a consumir um pequena parte do alimento, sendo que essa parte é quase só açúcar.

Outra razão para escolher um batido logo pela manhã tem a ver com a digestão.
Os alimentos crus são digeridos muito mais depressa do que os alimentos cozinhados, por isso convém comer os crus antes de comer os cozinhados para evitar “engarrafamentos” no sistema digestivo.

Eu nunca perco muito tempo a pensar no batido que vou fazer. Tenho sempre muita fruta madura e vegetais em casa e improviso consoante o que há nesse dia.

Dito isto, há algumas regras (como a da digestão que já mencionei acima) que se deve ter em conta.
As pessoas mais sensíveis devem evitar juntar frutos doces com frutos ácidos. E alguns frutos como meloa ou melão nunca devem ser misturados com outros alimentos (nem mesmo outras frutas) porque são digeridos muito mais depressa e isso pode causar um grande caos digestivo.

Quando escolho as frutas penso se vou ter um dia muito cansativo e na quantidade de energia que irei gastar.
O meu melhor aliado para os dias com muito desgaste físico são bananas bem maduras. E se acham (como eu antigamente achava) que as bananas fazem mal ou engordam, leiam isto por favor.

Costumo usar alguns super alimentos mas não os considero essenciais para os batidos. São um mimo extra muito benéfico para a saúde, mas se não fizer parte da vossa despensa, não se preocupem e façam os batidos na mesma.
A base essencial para uma alimentação saudável são as frutas e vegetais biológicos em abundância.

Peço que tenham em conta que eu já bebo batidos há vários anos e que normalmente faço um batido como uma refeição completa. Quando comecei só conseguia beber cerca de metade da quantidade que faço hoje em dia porque o meu estômago não estava habituado a receber comida em abundância.
Estes batidos que partilho hoje convosco dão 1 litro, cerca de 4 cups/chávenas.
Se estiverem a começar, cortem as receitas pela metade e depois podem ir aumentando aos poucos e poucos.

Se não conseguirem beber tudo podem guardar num frasco/garrafa de vidro com tampa no frigorífico e beber no dia seguinte.

Para quem é novo nisto dos batidos verdes, peço que experimentem primeiro estas receitas. Também aconselho vivamente o batido “vacina contra a gripe” se começarem a sentir-se adoentados.

Estes batidos são o mais simples possível e só usei água, nem sequer usei leites vegetais para manter o custo o mais baixo possível.

Eu já não uso adoçantes nos batidos porque a fruta madura é suficientemente doce para mim, mas se precisarem de adoçar o sabor, aconselho que juntem 2 ou 3 tâmaras sem xaropes adicionados e sem caroços.

Espero que usem estas ideias como um ponto de partida flexível e que não se censurem de improvisar.
Para mais receitas de batidos basta fazer uma pesquisa rápida aqui no blog.

20150111-223316.jpg
Sempre que possível escolham alimentos e produtos biológicos.

1 ~ 4 folhas grandes de couve frisada, 3 bananas maduras, 4 laranjas, 2 cups/chávenas de água
Opcional: 1/2 colher de sopa de sementes de cânhamo descascadas e 1 colher de chá de chlorella

2 ~ 1 manga grande, 5 folhas grandes de acelgas, 1 naco de gengibre, 2 cups/chávenas de água
Opcional: 2 colheres de chá de baobab (usei Iswari) e buckinis por cima.

3 ~ 5 bananas bem maduras, 1 cup/chávena de morangos, 1/3 cup/chávena de beterraba, 2 cups/chávenas de água
Opcional: 1 colher de sopa de Açaí (usei Iswari)

4 ~ 3 bananas, 2 kiwis, 1/2 limão com casca, 2 cups/chávenas de espinafres, 1 naco de gengibre, 2 cups/chávenas de água
Opcional: 1/2 colher de sopa de sementes de chia (usei Iswari).

20150111-223414.jpg
5 ~ 1 Manga pequena, 3 bananas, 2 courgettes, 2 cups/chávenas de água
Opcional: 1 colher de chá de erva trigo

6 ~ 2 cups/chávenas de ananás, 2 cenouras grandes, 2 maçãs, 2 cups/chávenas de água
Opcional: 1 colher de chá de matcha (usei Iswari)

7 ~ 1 manga grande, 3 cups/chávenas de couve frisada, 1/2 limão com casca, 2 cups/chávenas de água
Opcional: 1 colher de chá de spirulina

8 ~ 3 maçãs, 2 cenouras, 1 dióspiro (caqui) grande, 2 cups/chávenas de água
Opcional: 1 colher de sopa de canela e 1 colher de chá de maca

20150111-232454.jpg
ENGLISH:

Today I’m bringing you some of the smoothies with fruit and veggies that I’ve been making the last few weeks with the intention to inspire you and help you realize how easy and simple it is to have a healthy and delicious meal. In addition, it’s fast and all you need is a blender.

If you don’t know about the benefits and specifics of green smoothies, please read this post where I explain everything with much detail.

Green smoothies are a wonderful choice for those who want to increase the amount of fruits and veggies in their daily routine. I always advise people to have a smoothie for breakfast because it’s a great way do fuel the body with lots of energy but without any blood sugar highs. This doesn’t happen because we eat every single part of the fruits and veggies in their perfect combination of fibre, protein, vitamins, minerals, sugar and carbs. In contrast, when we drink juice we only get a small part of the food, and that part is mostly sugar.

Another reason to choose a smoothie early in the morning has to do with digestion. Raw food is digested a lot faster than cooked food so it is better to eat raw food before we eat the cooked food in order to avoid a big “traffic jam” in the digestive system.

I don’t really spent a lot of time thinking about what smoothie I should make. I simply play with whatever I have in my kitchen and I always have lots of ripe fruit and veggies.

That said, there are a few rules we should keep in mind (like the one about digestion I mentioned earlier). If you’re prone to difficult digestion you should avoid mixing acid and sweet fruit. And fruit such as melons or cantaloupes should always be eaten on their own, without mixing with anything (not even other fruit) because they’re digested much faster and it may cause some caos in the digestive system.

When choosing what fruit to eat, I do keep in mind what type of day I’ll be having and how much energy I’ll be spending.

My best friend for those days with heavy physical activities is a lot of ripe bananas. If you think (like I did a few years back) that bananas are bad for you and make you fat, please read this.

I have the habit of using superfoods but I don’t think they are essential when it comes to smoothies. I look at superfoods as something extra that helps me boost my health but if you don’t have it, don’t worry and make the green smoothies anyway.
The basis for a good healthy life is lots of organic veggies and fruit.

Please keep in mind that I’ve been drinking smoothies like these for some years and that my smoothies are usually a full meal. Back when I started, I could only eat about half of what I eat nowadays because my stomach wasn’t used to receiving food in abundance.

Today’s recipes make smoothies of about 1 litre (4 cups) but you can cut them in half if you’re getting used to this kind of meals.
With time, you may start increasing the quantities slowly.
If you can’t drink all at once, you can keep the rest of it in a glass jar/bottle with a lid and place it in the fridge until the next day.

If you’re very new to all of this green smoothie stuff, please try this recipes first. I also advise you to try my “flu shot” smoothie if you’re feeling under the wheather.

This recipes are as simple as it gets and I only used water instead of veggie/nut milks to keep the cost as low as possible.

I no longer feel the need to sweeten my smoothies because the ripe fruit is sweet enough for me but you may add 2 of 3 dates (without added syrups or seeds) if you want.

I hope you use this recipes as a flexible starting point and have the courage to improvise. Just remember to keep it simple and easy!

20150112-002709.jpg
When possible, choose organic food and products.

1 ~ 4 large kale leaves, 3 ripe bananas, 4 oranges, 2 cups of water
Optional: 1/2 tablespoon of hemp hearts and 1 teaspoon of chlorella

2 ~ 1 large mango, 5 large chard leaves, 1 slice of ginger, 2 cups of water
Optional: 2 teaspoons of baobab (I used Iswari) and buckinis on top.

3 ~ 5 ripe bananas, 1 cup of strawberries, 1/3 cup of beet, 2 cups of water
Optional: 1 tablespoon of Acai (I used Iswari)

4 ~ 3 ripe bananas, 2 kiwis, 1/2 lemon with skin, 2 cups of spinach, 1 slice of ginger, 2 cups of water
Optional: 1/2 tablespoon of chia seeds (I used Iswari).

20150112-002727.jpg
5 ~ 1 small mango, 3 ripe bananas, 2 zucchinis, 2 cups of water
Optional: 1 teaspoon of wheat grass

6 ~ 2 cups of pineapple, 2 large carrots, 2 apples, 2 cups of water
Optional: 1 teaspoon of matcha (I used Iswari)

7 ~ 1 large mango, 3 cups of kale, 1/2 lemon with skin, 2 cups of water
Optional: 1 teaspoon of spirulina

8 ~ 3 apples, 2 carrots, 1 large persimmon, 2 cups of water
Optional: 1 tablespoon of cinnamon and 1 teaspoon of maca

Advertisements

9 thoughts on “8 Smoothies for a healthy New Year! ~ 8 Batidos para um ano novo saudável!

  1. Bom dia Catarina, Desejo-lhe igualmente um excelente 2015 e que continue a apoiar e dar força a todos aqueles que desejam viver em melhor consciência a partir de uma melhor alimentação e práticas que nos conduzem a um melhor equilíbrio enquanto seres vivos. Gostaria que me informasse se se encontra em Portugal e se a poderia conhecer pessoalmente. Reconheço que as suas informações e dicas sobre uma alimentação consciente vão de encontro ao que aprendi e que procuro também desenvolver e que gostaria que fosse ao vivo, porque a informação on-line não chega a todas as pessoas e a tomada de consciência ainda é muito pequenina. Muita gratidão e reconhecimento pelo seu trabalho e preciosas e boas informações para a integridade do ser e a sustentabilidade planetária. Grande abraço Fernanda Guardão Date: Mon, 12 Jan 2015 02:02:41 +0000 To: naniguardao@hotmail.com

    • Olá Fernanda! Muito obrigada pela mensagem e pelas palavras tão queridas :) Neste momento estou em Portugal, sim, mas para já não tenho nenhum evento previsto. Se entretanto surgir alguma coisa eu aviso aqui no blog. Muito obrigada pela visita :)

  2. olá Catarina, sou sua seguidora, mas tenho algumas duvidas. Eu utilizo muitas vezes óleos de lavanda e de eucalipto. Neste momento vivo em Uk, mais propriamente em Shrewsbury, e não sei se existe o óleo de orégão, mas o que mais me faz confusão é: se o oleo tem de ser dissolvido numa base de outro oleo, eu uso óleo de amêndoas doces orgânico, como o posso tomar na boca? outra pergunta, é se fizer um sumo destes verde, posso a seguir por comer uma papa de aveia? Cm disse, mudei-me para Uk há poucos meses e agora trabalho num restaurante vegan. eu sempre fui a típica pessoa que come um iogurte e 2 torradas, ou um copo de leite vegetal e 2 torradas, agora já tenho outra noção e já começo a comer papas de aveia. o que conforta durante algumas horas. mas preciso de diversificar mais, pois tenho receio de enjoar sempre a papa. obrigada Catarina e vou continuar a seguir os seus conselhos. Um feliz ano novo

    • Olá Ana, muito obrigada pela visita. :) Nem todos os óleos têm que ser diluídos quando são usados na pele e alguns, como o de oregãos podem ser ingeridos em pequenas quantidades. Têm é que ser óleos essenciais 100% puros e biológicos.
      Quanto aos batidos (e não sumos, atenção – eu explico a diferença no post) pode comer o que quiser a seguir. Se continuar com fome depois de beber o batido pode e deve comer mais. Mas se está habituada a comer só 1 iogurte e 2 torradas duvido muito que fique com fome depois de um batido destes. ;) Mas é uma questão de experimentar e ouvir bem o seu organismo.
      Eu costumo partilhar muitas ideias que funcionam lindamente ao pequeno almoço – basta dar uma espreitadela aos posts mais antigos aqui no blog.
      Muitos beijinhos!

      • muito grata Catarina, pela sua rapidez resposta. eu enganei-me em vez de escrever batido escrevi sumo. sim, vou ver entao o post que fala sobre o comer a seguir. já fiz a minha lista, e amanha vou a mercearia biológica aqui da cidade e comprar os legumes, que já fazem falta ca em casa e farei concretiza o batido e dir-lhe-ei o fedback. mais uma vez, muito grata. muitos beijinhos

  3. Olá Catarina, parabéns pelo excelente blog. Gostaria da sua permissão para usar a informação e receitas neste post, no meu blog puregreen.pt , é possível?

    Obrigado,
    Tiago Vasconcelos

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s