The extra in the ordinary

By Catarina Guimarães

Superfood mint green smoothie + Frequency ~ Batido verde de menta com superalimentos + Frequência

Leave a comment

20150303-211346.jpg
(PLEASE SCROLL DOWN FOR ENGLISH VERSION)

Já não vos trazia uma receita de batido verde há algum tempo mas ultimamente tenho bebido tantos que achei que faria sentido partilhar um dos meus preferidos. No outro dia partilhei esta foto deste batido no Instagram e recebi várias mensagens com perguntas sobre o livro, por isso achei melhor aproveitar para falar um bocadinho sobre isso aqui.

De facto, acho que não é de todo uma coincidência que pessoas que se identifiquem comigo se sintam curiosas em relação a este livro.
Frequência da Penney Peirce é sobre energia, como funciona, de onde vem, os diferentes tipos que existem, como se transforma, como se fortalece, enfim, praticamente tudo o que precisamos de saber para ganhar consciência da energia em nós e à nossa volta.

O livro é muito útil para pessoas que, como eu, são extremamente sensíveis à energia, tanto interna como externa, e sentem necessidade de compreender melhor como tudo isso se processa para poderem usar a sua sensibilidade de um modo positivo e trabalhar a sua própria energia de um modo consciente.

Estas pessoas a quem eu costumo chamar de “esponjas energéticas”, mais conhecidas como “empatas emocionais” ou Pessoas Altamente Sensíveis (PAS) têm a tendência para serem contagiados muito facilmente com a energia de outras pessoas, circunstâncias, eventos, locais, animais e até objectos. Muitas vezes sentem-se indefesos e à mercê de elementos exteriores a si próprios e por vezes sentem-se vítimas sem poder no meio do caos energético deste mundo.

Aprender a reconhecer as fontes de energia e aprender a trabalhar a energia internamente é uma ferramenta muitíssimo valiosa para toda a gente, mas especialmente para quem é extremamente sensível.
Não é um livro fácil, nem por sombras! É muito teórico mas também tem alguns exercícios práticos muito interessantes e que eu achei muito proveitosos.

Eu costumo dizer que, no que toca a informação, o elemento essencial é o timing. Quando estamos prontos, os mestres aparecem, não há dúvida! Mas se ainda não estivermos no nível de consciência necessário para receber determinada informação, não vale a pena forçar. Se eu tivesse lido este livro há 3 anos ou mais, não estaria disponível para receber estas lições e teria sido uma inutilidade fazê-lo, muito provavelmente. Por isso é que eu não gosto de forçar ninguém a fazer ou estudar o que quer que seja, por muito que tenha sido algo monumental para mim. Prefiro atirar estas ideias aos sete ventos porque tenho a certeza que irão chegar a alguém que esteja pronto a recebê-las.
Se estiverem interessados, procurem na vossa biblioteca municipal porque eu encontrei este na Biblioteca de Lisboa. Fica uma passagem do livro:

A sensibilidade consciente, que está prestes a explorar e a praticar, é a capacidade de apreender os estímulos subtis e as informações não-verbais, provenientes de fontes físicas ou não-físicas, e de discernir o respectivo significado no momento em que ocorrem. À medida a que vai aprofundando a capacidade de saber directamente através das vibrações, verificará que ocorrem inúmeros progressos na sua vida e que este novo poder de consciência pode ser usado para coisas que nunca tinha imaginado possíveis.

E agora de volta ao batido verde…
Usei MATCHA que é um chá verde muito potente em pó e usei espinafres que são muito ricos em vitamina C que ajuda o nosso organismo a assimilar os nutrientes fabulosos do chá. Para ficarem a conhecer melhor o chá verde e as razões que me levam a ser uma consumidora assídua de longa data, leiam isto.

Ainda juntei um bocadinho de CHLORELLA que é uma alga que tem Vitamina b12, para além de ser rica em muitas outras vitaminas do grupo B e ferro, zinco e magnésio. Tem um forte poder desentoxicante e consegue limpar o organismo de metais pesados, para além de ser um óptimo aliado do nosso sistema imunitário. Ajuda a equilibrar as hormonas e o metabolismo, ajuda a baixar o colesterol e dá energia. Como a chlorella tem um sabor muito forte, nem sempre fica bem nos batidos mas aqui resulta muito bem porque a menta consegue ser o sabor mais dominante.

(Quando a minha refeição é apenas o batido, duplico ou triplico esta receita.)

Ingredientes:
(Se possível, biológicos)
2 bananas bem maduras frescas ou congeladas (não comes bananas? Por favor, lê isto)
1 cup/chávena/xícara bem cheia de espinafre
1/2 cup/chávena/xícara de água
1 mão bem cheia de folhas de menta fresca ou 1 gota de óleo essencial de menta (100% puro e biológico)
1/2 colher de sopa de matcha em pó (Usei Iswari)
1/2 colher de chá de chlorella em pó (Usei Iswari)
Opcional: 2 ou 3 tâmaras (sem xaropes adicionados)

Instruções:
Se quiserem usar as tâmaras, primeiro ponham-nas de molho para amolecerem e depois retirem os caroços.
Juntar tudo numa liquidificadora ou processador de comida e triturar até ficar um líquido de cor homogénea e sem pedaços. Adicionar mais água se preferirem um batido mais líquido e voltar a triturar. Colocar num frasco ou copo de vidro (nunca usar plástico se optarem pelo óleo essencial) e desfrutar com um bom livro!

20150303-211414.jpg
ENGLISH:

It’s been a long time since I brought you a green smoothie recipe but I’ve been having so many of those lately that it only made sense to share one of my favorites. A few days ago I shared this picture of this smoothie on Instagram and I got a lot of messages from people asking me about the book. So I thought it would make sense to talk a little bit about it here.

Actually, it doesn’t strike me as a coincidence that people who somehow identify with myself feel curious about this book.
Frequency by Penney Peirce is about energy, how it works, where it comes from, the different types of frequency, how to change it, strenghten it and pretty much everything about how to become more consciously aware of it.

This book is very helpful for people that, like me, are extremely sensitive to energy, both internal and external, and feel the need to understand it better in order to work with it in an active and intentional way.

These people I usually refer to as “energetic sponges” are usually known as “emotional empaths” and have a big tendency to feel affected by the energy from other people, places, events, animals or even objects.
A lot of times they feel helpless and completely at the mercy of outside circumstances or even powerless in the midst of the energetic chaos of the world. Learning about the different sources of energy and how to work it from within is a very valuable tool for anyone, but most specially for extremely sensitive people.

It’s not an easy book, not at all! It’s very theoretical but it also has some practical exercises that I found really interesting and useful.

I like to say that, when it comes to information, timing is key. When we’re ready, the masters show up, that’s for sure! But if you’re yet at a level of consciousness that allows us to receive a particular type of information, than we shouldn’t force it. If I had read this book 3 or more years ago, I wouldn’t have been available to learn any of it’s lessons and it would probably have been a big waste of time.
That’s why I never push anyone to do or study anything, even if it was something life changing for me.
I’d rather throw this ideas into the wind and I’m positive ir will reach someone who is ready for it.
If you’re interested, check out the public library in your city and see if they have it. I got to read this one for free from the Lisbon’s public library.
Here’s a passage from the book:

Conscious sensibility, which you are about to explore and practice, is the ability to apprehend the subtle stimulus and non-verbal information that come from physical or non-physical sources, and to comprehend its respective meaning at the moment when it happens. As you deepen your ability to learn directly through the vibrations, you’ll notice countless progress in your life and that this new found power of consciousness can be used for things you never imagined possible.

And now back to the green smoothie…
I used MATCHA which is a powerful powdered green tea and I used spinach because it’s a great source of Vitamin C that actually helps the body to better assimilate the benefitial nutrients from the tea. To learn more about the powers of green tea and why I’ve been a fan for so long, read this.

I also added a little bit of CHLORELLA, an algae that contains vitamin B12, among other B vitamins and minerals like iron, zinc and magnesium. It is a powerful detox food and has the ability to clean heavy metals from our body, in addition to being wonderful for the immune system. It helps to balance the hormones and metabolism, has the power to lower cholesterol and gives a lot of energy. Chlorella has a really strong flavor and doesn’t work well in many recipes but it’s a good choice for this one because the mint is a stronger flavor.

(When my meal consists of only this smoothie, I double or triple the recipe.)

Ingredients:
(Organic, if possible)
2 very ripe bananas, fresh or frozen (Don’t eat bananas? Please, read this)
1 cup of spinach
1/2 cup of water
1 handful of fresh mint leaves or 1 drop of peppermint essential oil (100% pure and organic)
1/2 tablespoon of matcha powder (I used Iswari)
1/2 teaspoon of chlorella powder (I used Iswari)
Optional: 2 or 3 dates (without added syrups)

Directions:
If you use the dates, soak them first until they soften up a bit and then de-seed them. Place everything in a blender or food processor and blend until smooth. If you like your smoothies extra liquid, you can add more water and blend one more time. Pour it in a glass jar our cup (never use plastic if using essential oils) and enjoy with a good book!

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s