The extra in the ordinary

By Catarina Guimarães

Trufas doces crudívoras de limão e gengibre ou alfarroba e canela ~ Raw balls with lemon and ginger or carob and cinnamon

4 Comments

trufas7(PLEASE SCROLL DOWN FOR ENGLISH VERSION)

Inícios de ciclos são como ritos de passagem, fazem parte da vida para que lhe consigamos dar mais valor, sem nos perdemos no ritmo das rotinas.

Aqui há dias presenciámos a primeira lua nova deste ano, que foi também o início do ano novo lunar. E estamos quase a terminar o primeiro mês do ano, um ano que é o primeiro de um novo ciclo de nove anos. O princípio do princípio, outra vez.
E quem nunca pediu uma segunda oportunidade que atire a primeira pedra…

Nestas alturas sinto necessidade de fazer um balanço:

Olhar para trás para melhorar o agora e preparar o futuro.

Leio o meu diário, recapitulo o que de mais importante aconteceu e tento identificar padrões, sequências, “coincidências”, etc. Olhando para tudo de um modo desapegado e simbólico para melhor aprender com tudo o que aconteceu. Sabendo que os padrões negativos que marcam a minha vida existem para que eu aprenda com eles e não para me castigar.

As lições aprendidas, guardá-las bem na memória…
O que tem que morrer, deixar morrer…
O que merece continuar, ir nutrindo…
O que quero que nasça, começar a plantar agora…

E como ponto de partida para este novo ano, ajuda-me pensar assim:
O que estás disposta a fazer para te sentires como desejas?
Prioridades, sacrifícios, risco, hábitos e sair da zona de conforto…. O que estás disposta a fazer para te sentires como desejas?
É a grande questão. Porque o futuro constrói-se agora. Agora. Agora mesmo. Com muita fé que estou no bom caminho e que só preciso de continuar a andar.

“Não se consegue ligar os pontos olhando para a frente; só os conseguimos ligar olhando para trás. Por isso tens que confiar que os pontos se irão ligar no teu futuro.” – Steve Jobs

Se um dos teus objectivos for deixar de comer comida altamente processada, cheia de ingredientes tóxicos e vazia de nutrição, sei que estás no mesmo barco que muita gente que conheço. Fico feliz por ti porque sei que mereces ter a melhor saúde possível!
O meu conselho? Baby steps. Um dia de cada vez, uma refeição de cada vez, sem culpa, sem vergonha e sem comparações. Com muita compaixão, amor próprio e aceitação. Lembra-te que o açúcar processado é altamente viciaste por isso não te martirizes se não conseguires mudar tudo num instante. Combinado?

E para ajudar a mudar o hábito dos snacks cheios de açúcar processado, corantes e conservantes, partilho aqui mais duas receitas de trufas crudívoras, o meu snack preferido por ser tão docinho, tão prático de levar na mala e tão simples de fazer.
Usa a tua criatividade e adapta as receitas ao teu gosto pessoal. Viaja pelo blog e irás encontrar muitas outras opções com outros ingredientes e sabores ~ mas todas deliciosas! Se tiveres sensibilidades a frutos secos, experimenta substituir por amoras brancas secas ou, caso comas cereais, flocos de aveia sem glúten. trufas3Ingredientes:
(se possível biológicos)

~ Trufas crudívoras de caju, limão e gengibre
1 cup/chávena de tâmaras
1/2 cup/chávena de cajus (previamente demolhados)
1 colher de chá com raspa de limão
1/2 colher de chá com gengibre fresco

~ Trufas crudívoras de avelã, alfarroba e canela
1 cup/chávena de tâmaras
1/3 cup/chávena de avelãs (previamente demolhadas)
2 colheres de sopa de alfarroba
1/2 colher de chá de canela
1/2 colher de chá de maca (opcional)

Instruções:
O método é igual para as 2 receitas:
~ usa um processador de comida (robot de cozinha, bimby, etc) e tritura primeiro só os frutos secos. Depois junta todos os outros ingredientes e tritura tudo junto até ficar uma pasta pegajosa. (Não te esqueças de tirar os caroços das tâmaras.)
~ faz bolinhas com as tuas mãos
~ podes comer logo a seguir ou, se preferires, deixa no frigorífico para ficarem mais duras.
trufas1ENGLISH:

Beginnings of new cycles are like rites of passage, it’s a part of our life so we can value it more without getting lost in the rhythm of our routine. A few days ago we had the first new moon of the year, the beginning of the new lunar year. And we are just finishing the first month of the year, a year that is the first of a cycle of nine years. The beginning of the beginning, once again. And if you’ve never wished for a second chance, cast the first stone…

At times like these I like to take stock of what is going on with my life:

Looking back to improve the present and prepare the future. I read my diary and review the most important things that happened, trying to identify patterns, sequins, “coincidences”, etc. Looking from a detached perspective with symbolic sight, allowing myself to learn from it all. Knowing that the negative patterns that shape my life exist for my own learning and not to punish me.

The lessons learned, keep them fresh in my memory…
What must die, let it die…
What deserves to continue, nourish it…
What I want to birth, I start planting right now…

And a great starting point for this year goes something like this:
What are you willing to do in order to feel like you want to feel?
Priorities, sacrifices, risks, habits and getting out of comfort zones… What are you willing to do in order to feel like you want to feel? That is the big issue. Because the future is built right now. Now. Right now. With a lot of faith that I’m on the right track and that I only need to keep on going.

“You can’t connect the dots looking forward; you can only connect them looking backwards. So you have to trust that the dots will connect in your future.” – Steve Jobs

And if one of your goals is to give up eating processed food, full of toxic stuff and empty of nutrients, I know you are in the same boat as many people I know. I’m happy for you because I’m sure you deserve the very best health possible! My advice? Baby steps. One day at a time, one meal at a time, without guilt, shame or comparison. With lots of compassion, self love and acceptance. Keep in mind that things like processed sugar are very addictive so please don’t feel bad if you can’t change all your habits at once. Deal?

And to help you get over that habit of snacking on sweets fully loaded with processed sugar, artificial color and preservatives, I’m sharing two more recipes for raw balls or raw bites. This is my favourite snack because it’s so sweet, so practical to take with me on the go and so easy to make. Please use your creativity and adapt the ingredients to better suit your taste. Search the blog and you’ll find a lot more options with different ingredients and other flavours – but they are all delicious! If you have a nut sensitivity, please replace nuts with dried mulberries or, if you eat grains, gluten free oats.

Ingredients:
(organic, if possible)

~ Cashew, lemon and ginger raw Truffles
1 cup of dates
1/2 cup of cashews (previously soaked)
1 teaspoon of lemon peel
1/2 teaspoon of fresh ginger

~ Hazelnut, carob and cinnamon raw Truffles
1 cup of dates
1/3 cup of hazelnuts (previously soaked)
2 tablespoons of carob
1/2 teaspoon of cinnamon
1/2 teaspoon of maca (optional)

Directions:
It’s the same method for both recipes:
~ Use a food processor and process the nuts first. After that, add all the other ingredients from that recipe and process the whole thing until you get a sticky paste. (Don´t forget to remove the pits from the dates, if needed)
~ make little balls using your hands
~ you can eat them right away or put them in the fridge to harden them up a bit

Advertisements

4 thoughts on “Trufas doces crudívoras de limão e gengibre ou alfarroba e canela ~ Raw balls with lemon and ginger or carob and cinnamon

  1. ola catarina ha muitotempo que nao nos vemos o que tens feita da vida tu tens arranjado trabalho de atriz

  2. Olá. É possível substituir as tâmaras? E pelo quê? Obrigada e beijinho**

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s