The extra in the ordinary

By Catarina Guimarães

Leite dourado com curcuma e gengibre ~ Golden milk with turmeric and ginger

Leave a comment

(Please scroll down for english version)IMG_3029

“Sou a guardiã da minha irmã. A bruxa, bruja, curandeira, mãe, irmã, filha, amante, artista, criativa, cabra, mulher selvagem, visionária, deusa. Transcendendo o tempo e o espaço. Reclamando o meu poder e as linhas de sangue de magia dos céus e da terra. Eu venho da lama e do sangue, jóias e ossos, lua e sol. Eu sou os segredos, a esperança e os sonhos da minha avó. Adorno-me de luz e de sombras. Mas não confundam a minha carne ou a minha aparência terrena por vaidade, porque tudo o que eu faço é deliberado, eu caminho em gratidão pelos que vieram antes de mim. A minha embarcação é antiga, esta pele lembra-se de nascer através do cosmos e de ascender da profundidade dos mares. Não confundam a sua suavidade, vulnerabilidade, sensibilidade, compaixão, amor, resiliência ou silêncio por fraqueza. Eu nasci do fogo e da lava, da morte e do declínio. Uma caçadora, uma guerreira, não uma preocupada.”  ~  I am my sisters keeper, B. Luna

Consegues ler isto sem ficar tocada por toda esta energia feminina, sagrada, ancestral, poderosa?
Para mim nada define tanto uma mulher assim como a sua capacidade de se conhecer como fonte do poder criativo da vida; a sua capacidade de se curar a si própria, usando aquilo que a natureza oferece, usando os seus conhecimentos de energia e práticas de atenção plena e, claro, tendo como guia a sua intuição e conhecimentos quase tão antigos como a Terra.

Conhecer as propriedades naturais de ervas, frutas, legumes e flores é um grande aliado para este tipo de caminho. Infelizmente tem-se perdido muito deste conhecimento que antes passava organicamente de geração em geração.

Hoje partilho a receita para fazer o leite dourado, uma bebida da tradição Ayurvédica e bem antiga. É uma bebida muito simples mas que tem a capacidade de proteger e revigorar o sistema imunitário, assim como criar calor interior, o que é muito importante para manter a vitalidade, especialmente na época do frio.

(Para ficarem com mais informação sobre alguns dos ingredientes usados, basta clickar no seu nome.)

Ingredientes:
(se possível, biológicos)
1 chávena de leite vegetal sem açúcar
1 colher de chá com curcuma em pó com pimenta preta (uso da Iswari)
1/4 colher de chá de gengibre fresco, cortado bem fininho
1 pitada de canela em pó

Instruções:
~ usar uma panelinha pequena e aquecer o leite com todos os ingredientes
~ ir mexendo muito bem até ficar com a temperatura desejada
~ para ficar com bastante espuma, podes mexer vigorosamente com uma colher ou usar uma vareta. Também podes por o leite numa liquidificadora e processar durante uns segundos.
~ servir quentinho e beber assim. Se desejares podes acrescentar uma pitada de canela por cima.

IMG_3019ENGLISH:

“I am my sisters keeper. The witch, bruja, healer, mother, sister, daughter, lover, artist, creative, bitch, wild woman, visionary, goddess. Transcendent of time and space. Reclaiming power, and ancestral blood lines of magic from the heavens and the Earth. I come from dirt and blood, jewels and bones. moon and sun. I am my grandmother’s secrets, hopes, and dreams. I adorn myself in light and shadows. But do not mistake my flesh nor my worldly appearance for vanity, for everything I do is deliberate, I walk in gratitude for the ones who’ve come before me. My vessel is ancient, this skin remembers being birthed through the cosmos and rising out of the depths of the sea. Do not mistake her softness, vulnerability, sensitivity, compassion, love, resilience or silence for weakness. I am birthed of fire and lava, of death and decay. A huntress a warrior, not worrier.” ~ I am my sisters keeper, B. Luna

Can you read this without being touched by this feminine energy? Divine, ancient, powerful feminine energy…
To me, nothing defines such a woman like her knowledge that she is the source of life’s creative power; her ability to heal herself, using what nature provides, using her own knowledge of energy and mindfulness practices, and of course, having her intuition as her guide, alongside with wisdom as old as the earth itself.

Learning about herbs, fruits, vegetables and even flowers is a great ally to walk such a path. Unfortunately a lot of that knowledge has been lost, and is no longer passed along to the newer generations.

Today I’m sharing a recipe for golden milk, an ancient drink that comes from the Ayurvedic tradition. It’s a very simple drink but it has the power to invigorate and protect the immune system, as well as the power to create inner heat, which is key to maintain one’s vitality, specially during the colder months.

(If you wish to learn more about some of these ingredients, simply click on their names)

Ingredients:
(organic, if possible)
1 cup of plant based milk (sugar free)
1 teaspoon of turmeric powder with black pepper (I use Iswari)
1/4 teaspoon of freshly grated ginger
1 dash of cinnamon

Instructions:
~ put everything in a small pan on medium heat
~ stir with a spoon until it achieves your desires temperature
~ if you want if extra foamy, use a frother or put everything in a blender and blend for a few seconds
~ serve it in a cup while it’s hot. If you wish you may add a dash of cinnamon on top.

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s