The extra in the ordinary

By Catarina Guimarães


Leave a comment

Meditation using crystals (Hyaline Quartz, Rose Quartz and Amethyst) ~ Meditação com cristais (Quartzo Hialino, Quartzo Rosa e Ametista)

20150905-161353.jpg
(PLEASE SCROLL DOWN FOR ENGLISH VERSION)

No outro dia levei alguns dos meus cristais mais pequeninos para a praia, pensando que eles também mereciam um bom banho de mar e de sol, os meus bálsamos preferidos para o corpo e a alma.

Na altura ocorreu-me escrever um post sobre estas pedrinhas maravilhosas que me costumam acompanhar quase diariamente e mais tarde lembrei-me que seria uma boa oportunidade para partilhar uma meditação muito simples que costumo fazer com estes cristais.

Apesar de o meu lado artístico se inclinar mais para cristais incrustados em lindas peças artesanais de joalharia, recentemente comecei a usar estas pedrinhas soltas em algumas meditações que me trazem imensa paz e prazer.

Não vou tentar passar por especialista desta matéria, bem pelo contrário. Mas gosto muito de partilhar o que tenho vindo a aprender, principalmente aquilo que sinto que tem trazido grandes benefícios para a minha vida. Porque, de facto, se há algum assunto em que eu sou especialista, esse assunto é mesmo a minha vida! Apesar de, provavelmente, os meus Anjos da Guarda não concordarem lá muito com esta afirmação! Hehehehe! Baby steps, meus amores, baby steps!

Mas voltemos aos cristais…

Os cristais, tal como os minerais e as rochas, contêm a energia natural da terra em vários níveis de vibração.

Desde a antiguidade que são usados em várias terapias de cura porque têm o poder de conduzir e ampliar a energia circundante, tendo a capacidade de fortalecer o nosso sistema de chakras (campo energético de cada pessoa) e promovendo a sua limpeza, equilíbrio e saúde.

Os cristais funcionam de acordo com as intenções de quem os utiliza, por isso convém haver clareza e certeza naquilo que pretendemos receber.

Estes são alguns dos meus cristais preferidos, escolhidos exclusivamente pela minha intuição e não por alguma razão exterior. Mas, como já tinha mencionado aqui, estas escolhas intuitivas mostram-se sempre muito acertadas. Aconselho-te a escolheres usar o cristal que “falar contigo” de um modo orgânico e difícil de explicar racionalmente.

~ Quartzo Hialino (cristal de rocha)
É um cristal com muitas aplicações diferentes porque ajuda a activar e equilibrar todos os nossos chakras, ajudando a gerir novas energias mais elevadas que resultam da mudança de perspectiva sobre a vida. Aumenta a clareza emocional, estimula o sistema imunitário e traz tranquilidade que nos permite lidar com grandes mudanças.

~ Quartzo Rosa
É a pedra do coração e do Amor incondicional. Ajuda a abraçar todo o tipo de Amor, começando com o amor próprio, facilitando a aceitação da parte de nós mesmos que negamos, bloqueamos ou evitamos. É usado para trazer harmonia, perdão e paz para qualquer situação e ajuda-nos a ver através do ponto de vista do amor, transformando a inveja, a raiva ou outros sentimentos tóxicos. É uma boa opção para usar em estados meditativos porque contribui para um estado de prazer e paz, promovendo a cura interior.

~ Ametista
É uma pedra que nos ajuda a criar uma ponte para o nosso lado espiritual, aumentando a intuição e as nossas capacidades psíquicas. Estimula a nossa consciência e ajuda-nos a incorporar na nossa vida diária as lições espirituais que vamos aprendendo pelo caminho. O seu uso é muito popular em meditações onde a pessoa está deitada, colocando a ametista em cima do terceiro olho, mas também pode ser usada de outras maneiras, consoante mandar a intuição de cada um.

20150908-162141.jpg
Eu gosto de pôr um ou dois cristais na minha mala, nos bolsos ou na mesa de cabeceira durante a noite.
Por vezes apetece-me segurar um cristal na minha mão direita ou colocar um ou vários em cima das partes do meu corpo que parecem precisar de mais atenção, enquanto medito.

Os cristais são muito sensíveis à energia que os rodeia, por isso devem ser limpos e carregados com bastante regularidade. Há algumas excepções, mas a grande maioria precisa mesmo desta manutenção para libertar as baixas vibrações energéticas que são prejudiciais para nós.

O ideal seria fazê-lo sempre antes de os utilizarmos, especialmente se costumamos andar em espaços com muita gente.

~ Como limpar os cristais:
Estes três cristais podem ser limpos com água corrente, massajando-os durante alguns minutinhos.

Também se pode esfumaçar com salva seca ou incenso.

Ajuda sempre se conseguirmos imaginar a água ou o fumo a entrarem nos cristais e a libertarem tudo o que é tóxico, deixando apenas luz no interior dos mesmos. Assim temos a certeza que estamos bem focados na nossa intenção.

~ Como carregar os cristais:
A seguir convém carregar os cristais, tal e qual como carregamos o telemóvel ou o computador.
Mas a energia que se usa neste caso costuma ser a luz do sol e/ou a luz da lua cheia.

Colocar os cristais perto da janela ou mesmo lá fora (se for possível) para apanharem uns belos banhos de sol ou lua é uma opção muito comum.

Estas duas energias têm qualidades diferentes e devem ser escolhidas consoante as necessidades de cada um:
O Sol costuma ser usado para aumentar a vitalidade, a ligação à terra, alegria e clareza mental.
A Lua contribui para nos ligarmos aos ciclos naturais do nosso corpo e harmonizar e alimentar o nosso lado espiritual e psíquico.

Os praticantes de Reiki ou quem está habituado a fazer exercícios de “enviar energia” também pode carregar os cristais com a energia vital.

Há outras opções mas estas são as mais simples e as que uso mais habitualmente.

~ Meditação com cristais:
Há muitos tipos de meditações com cristais, com vários objectivos e várias técnicas.
Esta é uma meditação que eu adoro devido à sua simplicidade e eficácia. Mesmo quando a pratico durante uns minutinhos apenas, fico sempre recarregada com uma bela sensação harmoniosa de plenitude e paz.

Primeiro escolho o cristal que vou usar e certifico-me que está limpo e carregado.
Depois sento-me confortavelmente no chão ou no sofá com pernas dobradas e abertas para os lados, juntando as duas solas dos pés.
Esfrego as palmas das mãos uma contra a outra com vigor e rapidamente. Coloco o cristal na palma de uma das mãos e tapo com a outra. As mãos ficam nesta posição de oração com o cristal no meio delas e levanto-as até ao nível do meu peito, mesmo ao centro.
Os braços ficam dobrados e relaxados, sem nunca criarem tensão.
E respiro fundo nesta posição, focando-me apenas em sentir a vibração que vem do cristal no centro das minhas mãos.
Quando essa sensação fica forte, começo a senti-la expandir pelo resto do meu corpo, pouco a pouco, sempre respirando fundo e libertando qualquer tensão que possa surgir no corpo. Por vezes ajuda visualizar a cor do cristal.

Quando quero levar a meditação um pouco mais longe e tenho mais tempo, deixo que a vibração se expanda para lá de mim, para todo o espaço que me rodeia, aumentando cada vez mais, até que inclua o mundo inteiro.

Isto pode ser praticado durante 1 minuto, 5, 15, 30, 50 ou mais minutos, consoante quiserem.
É completamente adaptável ao nível de experiência e disponibilidade de cada um.

(Se quiseres experimentar e não tiveres nenhum cristal, também podes praticar esta meditação, mas cola as palmas das mãos uma com a outra e foca-te na vibração que esse contacto produz.)

20150905-161424.jpg
ENGLISH:

A few days ago I took some of my tiny crystals to the beach, thinking they too deserved a good moment with the sun and sea, my two favorite balms for the body and soul.

The idea of writing a post about this marvelous little stones that keep me company almost every day came to me right then. A few days later I thought that it was also a perfect time to share a very simple meditation that I’ve been practicing with these crystals.

My artistic side usually gravitates towards crystals incrusted in beautiful handmade jewellery pieces, but recently I’ve also been using a few of these little stones during some meditations that bring me so much peace and pleasure.

I’m not trying to come across as some expert in this field, not even close. But I do enjoy sharing a lot of what I’ve been learning, specially something that I feel has brought so much benefit to my life. Because, let’s be honest, the only field I can call myself an expert is my life! Even though, quite possibly, my Guardian Angels won’t agree with me on that! Hahaha! Baby steps, my loves, baby steps!

But back to the crystals….

Crystals, just like minerals and rocks harness the energy of the earth, with different levels of vibration.

They have been used since ancient times in several types of healing therapies, because they have the power to lead and amplify the energy outside of them.
Crystals have the power to strengthen our chakra system (a person’s energy field), promoting its cleansing, balance and health.

They work according to one’s intentions so it helps if you are clear and precise about what you want.

These are some of my favorite crystals, chosen solely by my intuition and disregarding any external reasoning. Like I’ve mentioned before, this intuitive choices are usually spot on. My advice for you would be to choose the crystal that “speaks to you” in a very organic way that is hard to explain rationally.

~ Hyaline Quartz (Crystal Quartz)
It’s a crystal with lots of different uses because it can active and balance all of our chakras, helping us to manage new higher energies that come from changing one’s perspective about life. It increases emotional clarity, stimulates the immune system and brings tranquility for better dealing with major changes.

~ Rose Quartz
It’s the stone of the heart and unconditional Love. It helps us embrace all kinds of Love, beginning with self-love, encouraging us to accept those parts of ourselves that we deny, block or avoid. It’s used to bring harmony, peace and forgiveness to all situations, helping us to see everything from a loving perspective, transforming toxic feelings such as jealousy or anger. It’s a good choice for meditations because it promotes a peaceful warm state that allows for inner healing.

~ Amethyst
It’s a stone that helps us build a bridge to our spiritual side, increasing our intuition and psychic abilities. It promotes our consciousness and helps us incorporate in our daily lives the spiritual lessons we learn along our path. It’s very popular to use Amethyst on the third eye while meditating lying down, but it can be used in many other ways, following whatever your intuition says.

20150908-162141.jpg
I enjoy putting one or two crystals in my bag, pockets or on my bedside table while I sleep.
Sometimes I feel like holding one crystal with my right hand or placing one or more on top of whatever parts of my body feel more needed, while I meditate.

Crystals are quite sensitive to the energy around them so they must be cleansed and charged on a regular basis. There are a few exceptions, but the large majority of crystals really needs this maintenance in order to release lower vibrations that are harmful to us.
The ideal would be to do it every single time before using the crystal, specially if you spend time around lots of people.

~ How to cleanse crystals:
These three crystals can be cleansed with running water, while being massaged for a few minutes.

Smudging crystals with sage or incense is also a good option.

It always helps if we can visualize the water or smoke getting inside the crystals, releasing anything that is toxic, leaving only a bright light inside of them.

~ How to charge crystals:
After being cleansed, crystals need to be charged, just like when we charge our phone or laptop.
But in this case the energy we use is usually the light of the sun and/or the full moon.
Simply place the crystals by the window or even outside (if it’s possible) and let them bathe in the sun or moonlight.

This two energies have quite different qualities and should be used according to each person’s needs:
The sun is used for increasing vitality, joy and mental clarity.
The moon helps us get in sync with the natural cycles of our body and to harmonize and nourish our spiritual and psychic side.

People who practice Reiki or are used to practicing energy exercises to “send light” can also charge crystal with vital energy.

There are other options but these are quite simple and the ones I usually choose.

~ Meditation using crystals:
There are many types of meditations using crystals, with several techniques and purposes.
This is a meditation I just adore due to its simplicity and efficiency.
Even when I practice it for only a couple of minutes, I get flooded with this beautiful and harmonious feeling of peace and plenitude.

First I choose the crystal I want to use and make sure it has been cleansed and charged.
Then I sit comfortably on the floor or the couch, with bended legs, opening them to the sides. I place the bottom of my feet against each other.
I rub my hands together, vigorously and fast. Right after that I place the crystal on the palm of one of my hands, covering it with the other hand. The hands will stay in this prayer position and I raise them all the way to the level of my chest, right in the middle of it.
The arms stay relaxed and bended, never creating any tension.
I breath deeply and focus on feeling the vibration of the crystal in between my hands. When the feeling is strong, I let it expand until it floods all of my body, little by little, as I keep breathing very deeply, letting go of any tension that may show up in my body.
Sometimes it helps me to visualize the color of the crystal.

When I want to take this meditation a step further and I have the time, I just let the feeling grow more and more, covering the space around me and eventually expanding so much it covers the whole of earth.

This can be practiced for 1 minute, 5, 15, 30, 50 or even more minutes, according to your wish. It’s totally adjustable to any level of experience.

(If you want to try this meditation but you don’t have any crystals, you may also do it but instead just focus on feeling the vibration that comes from pressing one hand against the other).


6 Comments

5 things I Love! ~ 5 coisas que Adoro!

20150325-224202.jpg
(PLEASE SCROLL DOWN FOR ENGLISH VERSION)

Nem acredito que já passaram tantos meses desde a última vez que escrevi um post destes! Andei tão concentrada nas receitas que me fui esquecendo disto, mas nunca é tarde demais para retomar esta prática pública de difundir a gratidão e reconhecer o que adoro no meu mundo. Não há atitude melhor para começar ou acabar o dia, principalmente se o dia for mau.
Nesses dias, nos que custam mais, é quando a gratidão faz ainda maior diferença
.
Vamos a isto! E temos que repetir em breve!

“Reconhecer o bom que já existe na tua vida é a fundação para toda a abundância.”
Eckhart Tolle

20150325-224038.jpg

1 ~ Fotografias a contraluz.
Quem me segue no Instagram já deve ter reparado que tenho uma ligeira obsessão com fotografias em contraluz. É a melhor representação de como eu vejo e sinto o sol, como uma bomba de fogo, de energia, que me contagia, me toca e me torna parte dele.

Ver o sol em todo o seu poder traz-me à lembrança aquilo que as nossas células já sabem ~ somos todos feitos do mesmo, somos todos lava do mesmo vulcão e partilhamos esta luz que, por muito que a tentemos negar, não nos abandona.
Nada traduz tão bem o que sinto como isto:

“Somos todos Espírito individualizado e mantemos a mesma relação com a Mente Universal como a relação que o raio de sol mantém com o sol.”
Dr. Venice J. Bloodworth ~ Key to yourself

20150325-172826.jpg

2 ~ Cuidar bem da minha pele.
No que toca a lavar o corpo, prefiro usar sabonetes do que gel de banho ou loções porque duram muito mais tempo e normalmente não vêm dentro de embalagens de plástico, o que torna esta opção mais económica e mais amiga do ambiente.

Mas nem todos os sabonetes são iguais, pois não? Alguns estão repletos de químicos muitíssimo prejudiciais para a nossa pele que é mesmo o nosso maior órgão.
E eu tenho um lema que não esqueço nunca: se não te imaginas a comer isso então porque usá-lo na tua pele?

É uma das razões que me leva a gostar tanto dos sabonetes da Saponina, um pequeno projecto português com produtos artesanais feitos com ingredientes de alta qualidade como azeite virgem, manteigas vegetais, óleos essenciais, ervas aromáticas e flores. E o melhor é que têm opções veganas.

Tenho andado a usar este lindo sabonete que podem ver na foto e posso dizer que fiquei fã. Sabem quando pegamos num produto e conseguimos sentir o amor, carinho e atenção que foi empregue na sua criação? É tão especial mas nada habitual, não concordam?

Este sabonete tem um aroma delicioso e suave a erva príncipe e perpétuas roxas que contribuem para uns momentos muito relaxantes no chuveiro e deixa-me com a pele calma e macia sem ficar gordurosa.
Esta beleza veio com uns discos perfumados e muito amorosos que eu pus dentro das gavetas e agora tenho a roupa interior a cheirar a primavera. Uma delícia!

20150325-223104.jpg

3 ~ Cristais e pedras semi-preciosas.
Sempre tive uma certa atracção por alguns cristais e pedras mas achava que era só por serem esteticamente agradáveis. Mas agora que ando a aprender sobre a frequência energética que cada um deles contém, assim como os campos magnéticos que emitem, fico pasmada como as minhas predilecções fazem, afinal, tanto sentido. O que eu considerava ser uma orientação superficial, consegue ser muito mais inteligente do que eu imaginava.

Agora, sempre que não tenho qualquer informação sobre determinada pedra ou cristal, escolho aquele que me atrair mais, ou como eu costumo dizer, aquele que “falar comigo”.

Um dos meus cristais preferidos é ametista. O anel tenho-o há tantos anos que nem me lembro de não o ter. A ametista é perfeita para meditar e fortalecer a nossa ligação ao mundo espiritual porque consegue acalmar a mente e ajuda a relaxar. É muito usada para protecção energética, para tranquilizar os estados emocionais e também para ajudar a curar o corpo ~ aparentemente consegue melhorar a qualidade do sono, limpar o organismo de substâncias nocivas como os aerossóis, contribui para uma melhor circulação sanguínea e é um bom aliado de quem luta contra algum vício, entre muitas outras coisas. Este cristal costuma ser associado às energias dos chakras 6 e 7, mas por vezes também surge referenciado como um bom cristal para trabalhar o chakra 4.

20150325-173715.jpg

4 ~ Piñatas!
Lembram-se do filme Clube de combate? Vá lá, claro que se lembram! O Brad Pitt… De tronco nu… A lutar… Avivaram a memória? ;)
Pois bem, eu sou de opinião que deveria existir um clube da piñata tal e qual como esse. De vez em quando juntávamo-nos todos para despedaçar uma bela piñata! Estou convencida que o mundo seria muito melhor se tivéssemos algo assim, muito mais recheado de paz e amor.

Estão a ver aquele stress que se entranha debaixo da pele e não desaparece nem por nada? Nem com meditação, nem yôga, nem surf ou o que quer que pratiquem para relaxar. Nada! Esse tipo de stress! Uma piñata resolvia o assunto. Não acham? Estão a seguir o meu raciocínio? Mas temos que alterar as regras do clube: a primeira regra do clube da piñata é que temos que falar sempre sobre o clube da piñata.

Para o nosso primeiro encontro já me estou a imaginar a destruir uma peça de fruta gigante mas o limite é mesmo só a nossa imaginação. Uma das minhas antigas colegas de Macau anda a mudar o mundo para melhor, uma piñata de cada vez e agora podem ver o trabalho fabuloso dela aqui.

20150325-224943.jpg
(Fotos das Piñatas por Piñata Colada)

5 ~ Esta música.
Há alguns anos atrás vi-me envolvida num grave e complicado problema que durou pouco (pouco?!) mais de um ano e sempre que eu me focava em manifestar a resolução que desejava para esse problema, esta música começava a tocar, independentemente de onde eu estivesse. Todas as vezes! Todas as vezes que conseguia manifestá-lo e sentir com todo o meu corpo o sopro de alegria e alívio, como se já tivesse recebido as boas notícias, a música aparecia do nada. Tornou-se num sinal que me reconfortava com a noção de que tudo iria terminar bem e que o desfecho que eu imaginava se iria concretizar. E deste então, adoro esta música! Para mim, continua a ser um lembrete de que o raio da magia existe mesmo! Que o universo, para além de me escutar continuamente, está mesmo do meu lado! Obrigada, obrigada, obrigada!

20150325-224116.jpg
ENGLISH:

I can’t believe it’s been so many months since the last time I wrote a post like this! I’ve been so focused on the recipes, I completely forgot about it. But it’s never too late to return to my public practice of showing gratitude and acknowledging what I love in my world. There’s no better attitude to start or end a day, specially a bad day. On those really bad ones, that’s when being grateful makes the biggest difference.
Let’s do it now and let’s do it often!

“Acknowledging the good that you already have in your life is the foundation for all abundance.”
Eckhart Tolle

20150325-224038.jpg

1 ~ Backlight photos.
If you follow me on instagram, you’ve probably noticed that I have a slight obsession for backlight photographs.
It is the best representation of how I see and feel the sun, as a bomb made of fire, of energy, that spreads into me, touches me and takes me as a part of itself.

Seeing the sun in all its power reminds me of something our cells already now ~ we are all made from the same stuff, we are all lava from the same volcano, sharing this light that doesn’t give up on us, no matter how much we deny it. Nothing translates this feeling as well as this:

“We are all individualized Spirit and bear the same relation with the Universal Mind as the sunbeam does to the sun”.
Dr. Venice J. Bloodworth ~ Key to yourself

20150325-172558.jpg

2 ~ Taking good care of my skin.
When it comes to washing my body, I would rather use soaps than liquid gels or lotions because soaps last a lot longer and don’t usually come with a lot of plastic packaging, which makes it a cheaper and more eco-friendly option.

But not all soaps are created equal, are they? Some have a lot of nasty chemicals that hurt our skin wich happens to be our largest organ and I have one motto to live by: if you wouldn’t eat it, why would you put it on your skin?

This is one of the reasons I love the soaps from Saponina, a small portuguese project. Their soaps are handmade from high quality ingredients like cold pressed olive oil, plantbased butters, essential oils, herbs and flowers. Plus, there are several vegan options.

I’ve been using the lovely soap you can see in this picture and I really like it. The best part is I can hold this soap and just feel the love, attention and care that was put in its’ creation. How wonderful is it when we feel that? It’s not often, is it?

This soap has a delighful but soft scent of lemongrass and red globe amaranth that make for a very relaxing moment in the shower and it leaves my skin feeling calm and smooth without being greasy.
This pretty little thing came with a few very cute scented disks that I’ve placed in my drawers and now my underwear is smelling like spring. Delicious ;)

20150325-223120.jpg

3 ~ Crystals and gemstones.
I’ve always felt a certain atraction for some crystals and gemstones but I used to think it was merely because they are so aesthetically pleasing.

But now that I’ve been learning about the energy of these stones and the magnetic fields they create, I get stunned when I realize how much sense my choices actually made. I thought it was just a superficial decision but it was being guided by a much bigger inteligence that I could never had imagined before.

Now, whenever I don’t have any information about a certain type of stone, I just let myself choose whichever I feel more attracted to or, as I usually put it, whichever “speaks to me”.

One of my favorite crystals is Amethyst. I’ve had that ring for so many years that I don’t even recall not having it. Amethyst is perfect for meditation and strenghtening our connection to the spiritual world because it can calm down the mind and help us to relax. It’s commonly used for energetic protection, to balance emotional states and it has many healing properties ~ apparently it can improve the quality of our sleep, it can detox the body from harmful substances such as aerosols, improves blood circulation and it’s of great help for those fighting addiction, amongst many other things. This crystal tends to be used to work with the energy from chakras 6 and 7 but some people also like using it for chakra 4.

20150325-173715.jpg

4 ~ Pinatas!
Do you remember the movie Fight Club? Come on, of course you remember! Brad Pitt… Shirtless… Fighting… Ring a bell? ;)
Well I think there should be a Pinata club just like that! Every once in a while we would all get together and smash a good pinata! I’m convinced the world would be a much better place, way more loving and peaceful.

You see, do you know that stress that gets under your skin and nothing seems to get rid of it? Not meditation, not yoga, not surfing or whatever it is that you do to relax. Nothing! That kind of stress? A pinata would work! Right? See what I mean? But we need to change the rules of the club: first rule of pinata club is to always talk about pinata club!

For our first little get together I’m picturing myself smashing a giant piece of fruit but the only limit is your imagination. One of my former classmates from Macau is making the world a better place, one pinata at a time and now you can see her amazing work right here.

20150325-224943.jpg
(Pinata photos by Pinata Colada)

5 ~ This song.
A few years ago I went through a really tough and complicated problem that lasted a little (little?!) over one year and every single time I focused on manifesting my desired outcome for that issue, this song would pop up, regardless of where I was. Every single time! Every single time I could manifest it and feel in my entire body the pure joy and relief as if I had already received the good news, this song started playing. It became a sign that reassured me that everything was going to be fine and that the outcome I envisioned would become reality. And I’ve loved it ever since! This song, to me, is a reminder that freaking magic is real! That the universe not only is listening to me but actually has my back. Thank you, thank you, thank you!

20150325-224249.jpg